jusbrasil.com.br
23 de Janeiro de 2019
    Adicione tópicos

    Lideranças discutem emancipação do distrito Jardim Ingá, em Luziânia

    O presidente da Comissão de Organização dos Municípios da Assembleia Legislativa, deputado Luis Cesar Bueno (PT), e o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado Daniel Messac (PSDB), participaram de uma reunião com lideranças do município de Luziânia. A reunião foi coordenada pelo deputado Valcenôr Braz (PTB). A pauta do encontro, realizado na quarta-feira, 3, na Procuradoria da Assembleia, tratou da emancipação do distrito Jardim Ingá (município de Luziânia), por meio do Projeto de Lei Complementar 416/2008 aprovado na Câmara Federal, que regulamenta a incorporação, fusão e desmembramento de municípios no Brasil. O distrito de Ingá possui uma população estimada em mais de 100 mil habitantes e, para o deputado Luis Cesar Bueno, a emancipação trará mais independência aos munícipes. Segundo o presidente da Federação Municipalista do Estado de Goiás, Miguel Salheb, só na região do Entorno do Distrito Federal mais cinco distritos (ABC, Monte Alto, Céu Azul, Campos Limpos e Marajá) preenchem os requisitos estabelecidos pelo Projeto de Lei, como viabilidade financeira e população mínima. Durante a reunião, Luis Cesar Bueno afirmou que vê o projeto como um passo importante na garantia de autonomia das Assembleias Legislativas do País. Segundo ele, com a aprovação do PL, o Legislativo passa a ter autonomia de legislar sobre o próprio Estado. Ele espera ainda que o Senado reveja os critérios estabelecidos e amplie para emancipação de distritos menores. No caso de Goiás é grande o número de distritos com população menor do que estabelecido no projeto e, no entanto, precisam ser emancipados. Muitos destes distritos são situados distantes dos municípios-sede e assim desprovidos de benefícios, acrescentou o deputado.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)